segunda-feira, 20 de abril de 2015

A Função da Umectação Capilar e Como Fazê-la da Forma Certa

Oi mulher virtuosa

Vim trazer pra vocês alguns tratamentos para os cabelos...
Como estou em processo de transição (cabelos quimicamente tratados) estou bem
interessada neste assunto e vim logo postar tudo que estou encontrando sobre o assunto...
Veja aqui 7 Hidratação Capilar, Hidratação e Nutrição

A Função da Umectação Capilar e Como Fazê-la da Forma Certa

Os benefícios do uso de óleos nos cabelos, porém não falamos muito sobre umectação por aqui, o que é um passo importante nos cuidados com os cabelos. Se você lê sempre o PB, já sabe que cabelo é algo muito sensível e que apenas o ato de molhar os fios já os danificam.

As fibras capilares são bem parecidas com fibras de algodão, seda ou lã em termos de estrutura física, ou seja podemos imaginar que o cabelo é como uma casaco. Ao usar, lavar, dobrar, passar, etc, seu casaco vai perdendo seu formato e cor, ele desbota, a textura fica mais fina e aos poucos ele vai se deteriorando e não há nada que você possa fazer para resgatar a vitalidade original da peça. O cabelo também é assim, tanto o casaco quanto o cabelo são tecidos mortos e quando danos ocorrem, estes são irreversíveis.

Por isso, a coisa mais importante a se fazer com o seu casaco predileto e com o seu cabelo é protegê-los. Óleos agem como protetores dos fios, tornando-os mais impermeáveis á água e poluição. Muitos (até mesmo eu) erroneamente pensam em óleos como hidratantes, mas não é o caso:
  • Óleos não hidratam o cabelo nem repõem proteínas nos fios, sendo hidrofóbicos eles repelem a água, inibindo a penetração da água na fibra.
Água é uma grande vilão para seus cabelos, pois penetra os fios, faz com que o córtex inche e que as cutículas consequentemente fiquem mais abertas, tornando seu cabelo mais propenso a danos e quebras (saiba mais sobre a estrutura dos fios capilares).
Sendo assim, a função da umectação é de proteger os fios pré-shampoo com óleos penetrantes, ou seja, óleos que têm uma elevada afinidade para proteínas do cabelo e, por causa do seu baixo peso molecular, é capaz de penetrar no interior da haste do cabelo. O óleo de coco, que é um triglicérido de ácido láurico, é o óleo mais eficaz para a umectação, por suas características de penetração e adesão às fibras capilares. Outros óleos penetrantes são o óleo de abacate e o azeite de oliva.
Outros óleos (os não penetrantes) que são hidrocarbonetos ou possuem estruturas moleculares maiores não têm afinidade com proteínas e, portanto, não são capazes de penetrar os fios, mas ajudam a evitar o atrito em excesso de um fio com o outro, para que eles assim não se quebrem. Sim, o mero atrito dentre os fios causa danos a longo prazo, já disse isso muito e repito: cabelo é algo muito sensível! Esses óleos não penetrantes podem ter outras funções benéficas ao cabelo:
  • Óleo de germe de trigo – age como selante, ou seja protege as cutículas dos fios e é rico em ceramidas (saiba mais sobre os benefícios das ceramidas para os cabelos)
  • Óleo de jojoba – age como selante e é o óleo mais parecido com o sebo natural do couro cabeludo, ideal para todos os tipos de cabelo, inclusive os oleosos e ajuda na reposição de lipídios
  • Óleo mineral – age como selante e ajuda na retenção da hidratação
Como Fazer a Umectação Capilar da Forma Certa
  1. Passe no cabelo seco um óleo penetrante (óleo de coco, óleo de abacate ou azeite de oliva)
  2. Ponha uma touca plástica (ou saco plástico) sobre o cabelo
  3. Use o secador quente sobre a touca por cerca de 10 minutos
  4. Deixe a touca na cabeça por mais 20 minutos
  5. Lave o cabelo com shampoo e condicionador normalmente
  6. Após lavar, seque o cabelo como preferir e quando ele estiver cerca de 70% seco, passe um óleo não penetrante no comprimento e pontas
Postar um comentário