terça-feira, 25 de setembro de 2012

Candidíase

Amadas muitas de nós quando vemos esse titulo de postagem talvez vamos pensar "falar sobre isso??"
mais temos que saber que pra sermos boas mães, boas esposas e boas servas do Senhor, temos que cuidar de nossa saúde!!!Então vamos lá,cuidar de nossa saúde e nos informar sobre esse assunto tão importantes.


A candidíase é uma infecção provocada por um fungo, a Candida Albicans, que normalmente existe no organismo de uma mulher saudável. O problema aparece quando ela se multiplica mais do que deveria.
Uma dieta para eliminar o fungo deve ser seguida por mais ou menos três meses. Se estiver num quadro agudo, vai precisar tratar os sintomas com remédios, em seguida com a dieta.
Além de cortar alguns itens do cardápio, devem entrar na sua rotina os probióticos (organismos vivos que fortalecem as bactérias amigas do intestino).
Conheça os alimentos que deve evitar e as medidas a tomar, até que seu organismo se restabeleça:

Açúcar:

Além de nutrir a Candida, o doce modifica o pH intestinal. Esses fungos também liberam uma toxina que interfere em alguns neurotransmissores, o que acaba atiçando o seu desejo por doce. Corte o mal pela raiz.




Fermentados:

Vinho e cerveja são bebidas fermentadas pela ação dos fungos. Em uma situação normal, isso não sifgnica nenhum problema para o seu organismo, porém, enquanto estiver com candidíase, todos os alimentos que contém fungos devem ficar de fora do seu cardápio.
Isso inclui todos os tipos de cogumelos, vinagres e produtos que o incluem (ketchup, mostarda, azeitona e picles) e massas com fermento biológico (pão, pizza e torta).

Frutas com moderação:

É liberado o consumo de até quatro porções por dia. Apenas o melão e a melancia devem ser excluídas da dieta, já que podem conter fungos (aquela cobertura branca sobre as sementes).
Fungos estão presentes também em todos os tipos de frutas secas, que devem ser substituídas pelas frescas durante a crise


Mastigue:

Comer depressa pode deixar a Candida mais forte. Proteína mal digerida vira alimento para os fungos.

Arroz só integral:
Os carboidratos refinados e simples, como biscoito, arroz, macarrão e pão branco viram açúcar rapidamente no organismo. Os produtos refinados podem ser substituídos pelos integrais, mas nas crises agudas devem ser cortados completamente.

Leite e seus derivados também ficam afastados da sua alimentação. A lactose é um tipo de açúcar.
Pílula:
O hormônio sintético das pílulas anticoncepcionais também é um alimento e tanto para os fungos.

Lei seca nas refeições:

Líquidos durante as refeições podem atrapalhar o processo digestivo e tirar o equilíbrio da flora intestinal. Tome líquidos apenas uma hora depois das refeições. Depois disso fique à vontade.
O organismo precisa de pelo menos 2 litros e meio de água por dia para eliminar todas as toxinas.

Dê preferência aos sucos e adoçantes naturais:

Sucos industrializados e refrigerantes contêm açúcar ou adoçantes que servem de alimento para a Candida, e ácido cítrico.

Relaxe!

Stress também pode abrir a porta para os fungos. Além de diminuir a imunidade, o stress pode interromper a produção do ácido clorídrico no estômago, comprometendo o equilíbrio da flora, favorecendo a produção de fungos.

Coma verduras:

Uma alimentação equilibrada, com muita salada verde-escura no almoço e no jantar é a salvação das bactérias amigas. A folha verde tem muitas fibras, auxilia na fermentação das boas bactérias, mantém o pH do intestino adequado e, por consequência, destrói os fungos.

Não deixe de acompanhar o site do Adriano Silva, autor do site Saúde, Doenças | Faculdade de Medicina / Exames, que nos forneceu esta matéia relevante.




:
Postar um comentário