quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Crescimento da Igreja:dois extremos perigosos.

Todo líder maduro na fé busca o crescimento da igreja, porque sabe que Deus chama seus escolhidos pela pregação do evangelho, uma vez que a fé vem pelo ouvir a palavra de Cristo. Porém, dois extremos precisam ser evitados nessa busca do crescimento:




1) Numerolatria - A idolatração dos números

É a busca do crescimento numérico a qualquer custo. Muda-...se a mensagem. Prega-se uma mensagem popular, ao gosto do ouvinte. Capitula-se ao pragmatismo e busca adesão em vez de conversão. O crescimento da igreja precisa ser um crescimento saudável,pois Jesus não busca fãs, ele quer discípulos.

2) Numerofobia - O medo dos numeros

É a ideia de que a igreja não vai crescer e por isso, tentam com isso tapar o sol com a peneira das desculpas. Dizem: estamos mais interessados em qualidade do que em quantidade. A pergunta é: existe qualidade estéril? Esse tipo de desculpa esconde uma atitude omissa, uma preguiça espiritual. O correto é buscar o crescimento saudável da igreja, ou seja, quando a igreja vive com Deus, o próprio Deus acrescenta a ela os que vão sendo salvos. 




autora:Juliana Silveira



terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Técnicas para Controlar a Ira – A raiz do problema

Você pode aprender a usar técnicas para controlar a ira independente da sua causa. Admitir que a ira está fora de controle já é um grande passo para tratar o problema. Ira em excesso pode ser causada por problemas de saúde, problemas familiares, drogas ou álcool, desespero financeiro, medo ou estresse demasiado e vazio espiritual. Ira descontrolada resulta em mais problemas na vida. Mas você pode controlar sua ira! Controlar sua ira é uma escolha que você pode fazer!


Técnicas para Controlar a Ira – Consequências

Ira descontrolada tem consequências emocionais e físicas de longo alcance que afetam o nosso corpo.


  • Consequências físicas:Ira causa problemas de saúde, rápido acréscimo de adrenalina, pressão alta e batimento cardíaco acelerado; também pode causar derrames e ataques cardíacos. 

  • Consequências emocionais: Ira causa culpa intensa, sentimentos de fracasso, depressão, agitação constante, comportamento violento e até mesmo suicídio.

Técnicas para Controlar a Ira – Escolhas
A ira é uma emoção muito forte. Ira descontrolada é um padrão que dura a vida toda. Não é fácil superar a ira; isso com certeza requer compromisso. Requer honestidade, coragem e grande força interna. Também requer a ajuda de outras pessoas. Para superar a ira, esses passos são importantes:

  • Faça a decisão consciente de permanecer calmo. Não reaja, pense! Lembre-se de seus objetivos e responda de forma apropriada. Escolha permanecer calmo!

  • Comunique-se bem. Quando alguém lhe magoa, diga a ele/ela. Fale calmamente sobre como você se sente sobre suas palavras ou ações. Aprenda a se expressar melhor – de maneira clara e controlada. 

  • Remova-se fisicamente do ambiente até você poder responder sem ira. Seu sucesso não vai acontecer da noite para o dia. Tome um passo de cada vez, um dia de cada vez. Lembre-se de relaxar. Exercícios de relaxamento ou música podem ajudar bastante. Lembre-se que você pode pedir a alguém em quem você confia por ajuda. Faça isso!

  • Frequentemente tire tempo para você mesmo.Faça algo que você gosta, com dar uma caminhada em um parque, nadar, ler a Bíblia e assistir um bom filme. Faça algo legal por alguém que você admira. É bom se sentir bem sobre você mesmo. Faça isso!

  • Olhe o lado positivo das coisas. Não medite no negativo. Não faça uma tempestade em um copo d´água. Aprenda a perdoar. Isso é difícil, mas devemos começar aprendendo a perdoar a nós mesmos!
Técnicas para Controlar a Ira – Alcançando Paz Perfeita

Ter dificuldade de controlar a ira não faz dessa pessoa uma pessoa má. Irar-se contra o que é ‘errado‘ não é um pecado! Não é nenhuma desgraça admitir que temos um problema e que precisamos de ajuda. Paz e solução aos problemas dessa vida só podem ser encontradas quando nos voltamos a Deus. Há muitos versículos1 bíblicos que lidam especificamente com a ira e suas implicações. Você precisa orar por forças e auto-controle para curtir uma vida de contentamento e alegria. Você também precisa orar e pedir a Deus que remova a ira e o seu controle sobre você. Escolha fazer isso! "Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Confiai no SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR DEUS é uma rocha eterna" (Isaías 26:3-4).

Aprenda Mais Sobre Vida com Deus!



Tiago 1:19-20, 1 Coríntios 13:4-5, Provérbios 15:1, Provérbios 25:28, Provérbios 30:33, Gálatas 5:22-25, Efésios 4:26.



http://www.allaboutlifechallenges.org/portuguese/tecnicas-para-controlar-a-ira.htm

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Estresse favorece que câncer


Depressão também elevou risco de metástase em cobaias nos EUA. Remédios contra hipertensão poderiam ajudar em futuros tratamentos.



Altas cargas de estresse e depressão podem fazer com que o câncer de mama sofra metástase e chegue até os ossos, sugere um novo estudo feito em camundongos pelo Centro de Biologia Óssea da Universidade Vanderbilt, nos EUA. Os resultados do trabalho estão publicados na edição desta terça-feira (17) da revista científica “PLoS Biology”.

A pesquisa demonstra que a ativação do sistema nervoso simpático – que controla ações como luta ou fuga em situações de tensão – prepara o tecido ósseo dos animais para a metástase das células tumorais, o que diminuiu o tempo de sobrevivência.

Segundo o diretor do centro, Florent Elefteriou, a disseminação de células cancerosas para outros órgãos é uma das principais causas de morte em pacientes com câncer.
A equipe coordenada pelo cientista já havia descoberto que o sistema nervoso simpático estimula a remodelação óssea e usa algumas moléculas de sinalização – como a chamada RANKL – que são empregadas na disseminação do câncer de mama até os ossos.
Essa molécula também é conhecida por promover a migração celular e a formação de osteoclastos, células ósseas que decompõem esse tecido e propiciam a liberação de cálcio e outros minerais para o sangue.
Para analisar essa possível ligação, os pesquisadores injetaram células humanas de câncer de mama junto com uma substância fluorescente no coração das cobaias. Assim, puderam visualizar o estágio da metástase quando as células tumorais saíram do local primário, pela corrente sanguínea, em direção a outras regiões do organismo.
Os autores então usaram propranolol, um medicamento contra hipertensão e outros problemas cardiovasculares que inibe sinais do sistema nervoso simpático, para prevenir lesões mamárias nos ossos.
De acordo com os cientistas, o propranolol e outros remédios do tipo “beta-bloqueadores” são seguros e baratos, e podem ser uma opção de tratamento de longo prazo se novos estudos em humanos confirmarem a capacidade deles em bloquear a metástase do câncer de mama para os ossos, algo que poderia ajudar milhões de pacientes em todo o mundo.
Além disso, segundo Elefteriou, deve haver mais esforços para diminuir o estresse e a depressão em mulheres com a doença.




quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Câncer de Médula

Tumor de medula espinal são semelhantes àqueles do cérebro, pois contém um tecido semelhante ao tecido cerebral.No entanto esses tumores se desenvolvem menos frequentemente na medula espinal do que no cérebro.A maior parte dos tumores que se encontram na medula espinal são devido a câncer em outras partes do corpo que metastizou para a médula espinal.
A dor é um dos principais sintomas da metastase dentro das vértebras antes da compressão da Medula Espinal. O quadro clínico na compressão de medula se torna mais exuberante com forte perda de sensibilidade e dificuldade para movimentar braços e pernas e em alguma ocasião perda da sensibilidade de um lado e perda de mobilidade do outro lado.
Tanto um exame clínico cuidadoso quanto radiológico da região afetada são necessários para diagnóstico de tumor espinal.
E exame do liquido espinal pode ser necessário para confirmar o confirmar o diagnóstico.O rápido iped loucura 4 pode prevenir ou prevenir ou melhorar os sintomas ocasionados por tumores espinais radioterapia e drogas antitumorais podem ser usadas junto com cirurgia. 

Reabilitação e outros serviços 
Após o tratamento, o paciente deve continuar o segmento médico, de modo regular,se a reabilitação necessária seu médico a recomendará.
A equipe hospitalar assim como outras organizações na comunidade estão disponíveis para oferecer diferentes tipos de ajuda.
O Departamento de Serviço Social do Hospital poderá indicar organizações locais que possam oferecer auxílio a pacientes de câncer e seus familiares. 
Muitas organizações de serviços incluem suporte financeiro, transportes ao hospital, grupo de discussão de problemas, assim como outros serviços. Além disto, o serviço de informaçoes do cancer é um sistema telefônico gratuito que fornece informaçoe sobre o que fornece informações sobre o câncer, problemas relacionados ao câncer, orientação para familiares e indicação de profissionais de saúde.
Podemos citar a Associação de Apoio a Criança com Câncer em São Paulo que poderá dar todo apoio necessário.(011)5084-5434.

Aspectos emocionais 
Você pode experimentar diferentes reações emocionais quando o câncer for diagnosticado. Por que eu? É a pergunta que todo paciente faz ,está é a (primeira) reação normal frente ao diagnóstico de câncer. Você também pode ter períodos de ansiedade e depressão.Você pode experimentar essas sensações antes que o diagnóstico seja aceito e você aprenda a conviver com isso. Conversar com seu médico, outros profissionais de saúde, seus familiares e mesmo outros pacientes de Câncer pode dar um suporte emocional durante e após o tratamento.O médico por conhecer sua situação clínica, é a melhor pessoa para responder suas questões. Fazer uma lista de perguntas poderá ajuda-lo a se lembrar de todas as questões que lhe interessam.

Você deve se assegurar de que seu médico e outros profissionais de saúde oferecerão o melhor tratamento que a medicina pode oferecer. Você e sua família podem lidar melhor com o stress emocional do câncer discutindo seus problemas abertamente com seu médico,mas você poder precisar de ajuda e deve se sentir a vontade para procurar por um aconselhamento específico de seus problemas se estiverem muito difíceis.




segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Casados porém solitários

Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho: se um cair, o outro levanta o seu companheiro. Mas ai do que estiver só, pois, caindo, não haverá quem o levante. Também se dois dormirem juntos, eles se aquentarão. Mas um só como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão. O cordão de três dobras não se quebra tão depressa' (Eclesiastes 4: 9-12).

O texto que abre a nossa reflexão foi escrito por Salomão, filho do rei Davi, e que foi considerado o homem mais sábio de todos os tempos. A passagem serve-nos de exemplo, quando vemos Salomão nos falar de um relacionamento consistente entre duas pessoas, com alvos e propósitos definidos. Mas quando olho para o texto me pergunto: por que ele não é realidade na vida de muitos casais? O que estamos presenciando em nossos dias é, infelizmente, o oposto dessas palavras proferidas por Salomão.

Veja bem que o texto eclesiástico mostra ao homem a importância que tem o casamento em sua vida: “melhor é serem dois do que um”. O valor do matrimônio e a constituição de uma nova família estão expressos em todas as letras e devem ser o alvo primeiro de todo cristão. E por quê? Porque juntos resistirão aos dias maus, às gigantescas ondas que se alevantam, às tempestades horrendas e à solidão. Porém é impressionante como, mesmo depois de casados, muitos casais vivem solitários dentro de um mesmo universo e passam, individualmente, a querer lutar contra os obstáculos do dia-a-dia e a buscar os seus próprios interesses.

As casas de muitos casais se tornaram como as grandes metrópoles brasileiras: povoadas, porém, focos de grande solidão. São pessoas que vivem debaixo do mesmo teto, fazem as suas refeições juntas, dormem lado a lado na mesma cama, fazem sexo quase que diariamente, caminham de mãos dadas, entretanto, mantêm uma distância emocional, espiritual e íntima enormes. Conversam, mas não se comunicam. Moram juntas, mas ainda não constituíram o verdadeiro lar. E esse paradoxo tem refletido negativamente na vida de muitos solteiros, que dizem: “se muitos casados vivem solitários, então é melhor me sentir solitário sozinho”. Alguém já escreveu que a pior solidão é a que se manifesta entre duas pessoas.

Creio, como conselheiro familiar, que o casamento foi o antídoto criado por DEUS para combater a solidão: “Não é bom que o homem esteja só. Far-lhe-ei uma adjutora que lhe corresponda” (Gênesis 2:18). O objetivo de DEUS, como vimos, é não tornar o homem solitário. Então vamos aqui levantar alguns fatores porque isso acontece em muitos casamentos hoje em dia e, também, “receitar alguns remédios” para combater esse vírus, que tem destruído casamentos.

1) Idéia errada de casamento – muitas pessoas nutrem o desejo de se casar, crendo, infelizmente, que o casamento é uma etapa da vida isenta de tribulações e dificuldades. Quando eu era menor ouvia muito dizer que “casar é viver um mar de rosas”. Essa ideia equivocada de casamento é frustrada quando fortes obstáculos surgem na vida do casal, o qual, por não ter construído antes uma base conceitual real do matrimônio, logo deseja “pendurar as chuteiras”. Observe o versículo: “as muitas águas não poderiam apagar esse amor nem os rios afogá-lo (...)” (Cantares 8:7). “Não poderiam...”, ou seja, podem, sim, abalar o amor. A responsável por oferecer essa base aos jovens namorados e noivos é a própria igreja, o ministério de família. Mas, infelizmente, em muitas denominações o tema família está em segundo e terceiro planos, ofuscando a importância do tema para a vida espiritual do cristão. Casamento, consciente das dificuldades e do interesse de um ajudar o outro, é maravilhoso; mas não é um mar de rosas. Os noivos precisam ser bem preparados com relação ao que vão enfrentar adiante; antes de tomarem uma decisão que será única em suas vidas. Precisam saber, por exemplo, que casamento não é apenas energia sexual depositada e que só a morte pode destituí-lo. Muitos querem se casar achando que, se não der certo, poderão buscar o caminho da separação e do divórcio como alternativa, e se casarem de novo com outra pessoa. Um casamento pressupõe agora compromisso com as coisas do mundo. Por essa razão, o apóstolo Paulo escreveu: “de sorte que o que a dá em casamento faz bem, mas o que não a dá em casamento faz melhor ainda” (1 Coríntios 7:38). Costumo dizer que o casamento é a fase da vida mais bombardeada pelo diabo. Destruir as famílias é a meta primeira do inimigo de nossas almas. Quando ele quebra o alicerce familiar, toda uma estrutura vem abaixo, afetando pais, filhos, sociedade, igreja e gerações. Certa vez ao participar de um noivado, eu perguntei aos noivos: “hoje a referência espiritual que um tem do outro é a melhor possível. Mas os dois estão preparados para, por exemplo, suportarem a infidelidade conjugal durante o casamento?” Eu não quis levar uma ideia pessimista do matrimônio. Ao contrário, meu objetivo foi despertá-los para uma possível realidade.

2) O casal desconhece o papel de cada um no contexto familiar – como disse anteriormente, depois de casados, e depois da lua-de-mel, e depois dos primeiros meses, aí vem a realidade de uma maneira mais clara e decisiva sob as vistas, meio frustradas, do homem e da mulher. Cada qual procura resolver do seu jeito os problemas que vão surgindo. Algumas vezes até conseguem. Na maioria, entretanto, esses problemas vão se tornando uma “bola de neve” e se juntando a outros grandes problemas. As responsabilidades na vida do marido e da esposa se misturam. Um termina, inconscientemente, assumindo o papel do outro. E para não querer apresentar à igreja uma imagem de derrotados; de que o casamento fracassou, simplesmente se isolam em suas torres de marfim. São casados; são felizes, apenas na aparência. É uma vida de casados de hipocrisia, que, com certeza, não conseguirá ir muito longe. A Bíblia diz claramente que a esposa é a ajudadora do marido, e que este é o cabeça do lar, aquele que responde sabiamente pelas decisões finais. DEUS não casa pessoas e os entrega ao relento. DEUS é Pai zeloso: une e mostra todos os caminhos para a felicidade. Durante o casamento as duas principais ordenanças de DEUS são rompidas: a mulher em ser submissa ao seu marido; e o marido em amar a esposa como Cristo amou a sua igreja. Quebradas essas ordenanças, o casal parece não mais falar a mesma língua, vivem como adversários ou inimigos dentro de uma casa. Recordo-me de uma esposa que tudo que ia fazer em prol do casal perguntava ao marido antes se podia fazer. Ele, por outro lado, tratava-a como princesa. Essa união passou a ser referência na sociedade e se refletiu nos casamentos dos filhos. Cada qual se espelhou em seus pais, sabia bem o que deveria fazer, as responsabilidades de um e de outro, o respeito à Palavra de DEUS. O contrário dessa família também é verdade. Pais que não leem e não cumprem os conselhos de DEUS provavelmente sucumbirão ao fracasso e constituirão gerações também fracassadas.

3) A dificuldade de conviver com as necessidades do outro – cada pessoa possui necessidades emocionais, pessoais (profissionais, sexuais etc.) e espirituais. Mas DEUS planejou para que todas essas necessidades fossem supridas dentro de um contexto familiar. Quando um casal resolve se casar, dificilmente, pensa nas necessidades um do outro, ainda menos, em como supri-las, resultando numa infidelidade. Então, surge, na história do casal, uma “terceira pessoa”, que não necessariamente é um homem ou uma mulher, mas a busca incessante por um projeto pessoal, uma carreira, um sonho etc. Ambos começam a lutar pelos seus sonhos de maneira individual, egoísta, e se afastam imperceptivelmente do sentido da unidade familiar. Muitos dos casos que tenho recebido em palestras e em atendimentos se referem à área sexual. Mas também já vi até filhos se tornarem o motivo desse distanciamento. Alguns vínculos precisam ser construídos durante o casamento: vínculo do respeito, da confiança, do amor e da intimidade. Se algum desses vínculos foi quebrado, precisa urgentemente ser refeito. Não é verdade que, quando se quebra uma vez o vínculo da confiança, é impossível tê-lo outra vez. Com um pouco de esforço, interesse e determinação, é possível, sim, confiar outra vez. A humildade é o ponto de partida disso. Se você ainda tem a possibilidade de refazer os vínculos com o seu cônjuge, não perca mais tempo. Chame-o para uma conversa, seja amável, humilde, diga que está disposta ou disposto em construir uma nova história, deixando as coisas erradas do passado para trás, antes que os problemas se tornem maiores e resultem em uma separação.

Bem, levantei apenas alguns fatores. Vejamos agora alguns conselhos:
1) Nunca perca o sentido da unidade familiar. Embora seja natural que cada um tenha os seus próprios sonhos, mas estes não podem ser um fator desagregador do casal. Eles devem ser partilhados e correspondidos mutuamente;

2)O casal deve participar sempre que puder de congressos e encontros destinados à família. É uma maneira de reciclar, de inovar. A leitura de bons livros da área também ajuda bastante. Deve também passear, viajar, estar juntos em outras circunstâncias.

3)Pense que sempre há solução para os problemas. Algumas vezes as dificuldades se tornam eternas porque não sabemos como lidar com elas. Então, aqui, deixo como alternativas o diálogo, a cumplicidade, a dedicação, a paciência, a amizade e, enfim, o maior de todos, o verdadeiro Amor.

Muitas pessoas dizem que a família é a prioridade maior de suas vidas, mas quando olho para as suas agendas, vejo o quanto isso não é verdade. Há tempo e espaço para tudo, menos para o essencial. Muitos estão correndo atrás do sucesso financeiro e estão com sua família à beira do abismo. A vida familiar tornou-se uma rotina; e DEUS Aquele a quem se busca esporadicamente nos cultos aos domingos, quando se vai. É por isso que o maior companheiro não é o outro, mas a solidão. Sem DEUS o casal não pode chegar a lugar algum. Daí a razão de, no texto de abertura de nosso estudo, o autor falar em um cordão de três dobras, ou seja, a presença de JESUS na vida do casal. A terceira dobra é JESUS solidificando a relação a três. Onde JESUS está não há cordão que se arrebente nem lar que viva em solidão. Ainda que o casal tenha toda a instrução da ciência; dos homens; sem JESUS de nada adianta. Veja o que escreveu o apóstolo Paulo: “Agora permanecem estes três: a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor” (1 Coríntios 13:13). Que DEUS nos abençoe!  




http://www.midiagospel.com.br/familia/terapia-conjugal/casados-porem-solitarios.html

Paõ Caseiro nota 10


Pão caseiro nota 10
 Enfie o dedo no pão em descanso até ele ficar todo coberto de massa e retire-o. Se após dois minutos o buraco permanecer, a massa já cresceu.
Coloque a quantidade exata de sal indicada na receita. Em excesso, o fermento não agirá. Se colocar pouco sal, o pão ficará ressecado e sem sabor.


http://mdemulher.abril.com.br/

Feijão Maravilha


Feijão maravilha
Para engrossar o caldo, retire uma concha do feijão cozido e amasse os grãos. Retorne à panela e deixe no fogo por mais alguns minutos.
Quer que ele cozinhe rapidamente, mantendo a cor e a textura? Então ferva os grãos por cinco minutos em água abundante, troque a água e termine o cozimento.
 Acrescente o sal apenas no fim, para ele ficar macio.

BOM APETITE



http://mdemulher.abril.com.br

Bolo fofo a qualquer hora



Verifique se você tem todos os ingredientes, acenda o forno e unte a forma. O bolo cresce melhor se assado logo após o preparo da massa. Use os ingredientes em temperatura ambiente, nunca gelados.
Bata as claras até que fiquem firmes, mas não passe do ponto, pois a massa pode ressecar.
Se a receita pedir para alternar ingredientes secos e líquidos, comece e acabe pela farinha.
Não guarde o fermento na geladeira, porque mudanças de temperatura tendem a alterar seu sabor e textura. Para verificar se ele está bom, coloque um pouquinho de fermento em um copo de água em temperatura ambiente. Se o pó borbulhar como um efervescente, significa que ainda pode ser usado.



. Bolos de chocolate ganham um tom avermelhado se você acrescentar uma pitada de bicarbonato de sódio durante o preparo.


http://mdemulher.abril.com.br

Arroz soltinho





Quantas vezes você já sentiu vontade de saborear uma comidinha caseira, mas acabou desistindo de prepará-la por medo de errar? Está na hora de deixar esse receio de lado e arriscar. Se o prato não ficar exatamente como você queria, não desista! Releia a receita, encontre o erro e tente novamente - de preferência quando não estiver com pressa. Como tudo na vida.
.
Arroz mais soltinho
1. Use água quente no preparo, pois a fria retarda o cozimento.
2. Adicione algumas gotas de suco de limão para que o arroz fique leve e solto.
3. O tipo agulhinha pede duas partes de água para cada parte de arroz.
4. Para que a água não transborde da panela, adicione um pedacinho de manteiga ao cozimento.

http://mdemulher.abril.com.br

Varios tipos de dores de cabeça

Confira algumas características dos principais tipos de dor de cabeça. É importante lembrar, no entanto, que só o médico pode fazer um diagnóstico completo:






Tensional episódica:

O mais comum. É causado por falta de sono, estresse e cansaço ou por algum acidente que afete a musculatura do pescoço. Durante as crises, desde que nunca mais de duas vezes por semana, podem ser usados analgésicos associados ou não à cafeína, substância que, além de aumentar a velocidade de absorção do remédio, também funciona como analgésico no cérebro.

Em momentos de crise, geralmente provoca os seguintes sintomas:

  • A dor se parece com um peso, pressão ou aperto, como se houvesse uma faixa ou capacete apertado em volta da cabeça; 
  • Normalmente a dor é localizada na testa e/ou na nuca e topo da cabeça; 
  • Tem intensidade leve a moderada ou moderada, não impedindo as atividades rotineiras diárias; 
  • Não raro a dor melhora com atividade física ou relaxamento; 
  • Na maioria dos casos, não há sintomas associados e alguns pacientes podem se queixar de intolerância, durante a dor, a ruídos mais intensos (fonofobia); 
  • A dor pode durar de horas a até 7 dias; 
  • A freqüência pode variar muito. Há pacientes que têm dor menos de uma vez por mês, enquanto outros, mais de 15 dias em cada 30 (forma crônica).

    Cefaléia em salvas:
    Não tão comum como as dores de cabeça primárias, é caracterizada por crises de forte intensidade, em que a sensação de dor se assemelha à de levar "facadas". Segundo especialistas, as causas dessa dor ainda são desconhecidas, mas parece haver uma disfunção em um núcleo de uma importante estrutura cerebral chamada hipotálamo. Para essas dores, que atingem mais os homens, o remédio analgésico não só não faz o efeito esperado, como cria uma espécie de efeito rebote: acostuma o cérebro a não produzir a endorfina, um analgésico natural, o que aumenta a dor.
    Em momentos de crise, geralmente provoca os seguintes sintomas:
  • A dor é de um lado só e sempre do mesmo lado da cabeça;
  • Surge em volta do olho, podendo também ser na testa, têmpora e rosto;
  • Tem grande intensidade e é latejante;
  • Dura de 15 minutos a 3 horas e aparece em dias seguidos ou alternados;
  • Ocorre com freqüência de entre 1 a 8 vezes por dia, sempre em horas semelhantes. Normalmente, acorda a pessoa no meio da noite, fazendo-a pular da cama antes de totalmente acordada, tal a sua intensidade;
  • Geralmente é associada com vermelhidão no olho, lacrimejamento e entupimento nasal (às vezes com corrimento) do mesmo lado da dor;
  • As crises de dor em geral duram de 2 a 4 meses por ano, desaparecendo sozinha, para retornar após períodos variados de tempo que podem chegar a anos, comumente nas mesmas épocas;
  • Às vezes deixa de se manifestar sem motivo aparente; pode também surgir como crônica.Enxaqueca:

    Assim como a cefaléia tensional episódica, é considerada uma dor de cabeça primária, porque não causa alterações estruturais no cérebro e não deixa seqüelas físicas. As mulheres são as principais vítimas desse mal de fundo genético, que piora com a atividade física e a movimentação da cabeça, o que faz com que a pessoa queira ficar em repouso (saiba mais sobre enxaqueca).
    Em momentos de crise, geralmente provoca os seguintes sintomas:
  • A dor começa leve e vai aumentando. Durante as crises, dificilmente se consegue continuar as atividades normais do dia-a-dia. A enxaqueca vem acompanhada de enjôo e sensibilidade à luz.
  • É pulsátil ou latejante (podendo ser em pressão ou aperto) nas regiões frontais da cabeça e da têmpora;
  • Atinge mais um dos lados da cabeça (em 40% dos pacientes é dos dois lados); 
  • A dor piora com esforços ou atividades físicas;
  • As crises duram em média de 4 a 72 horas quando não são tratadas ou o são de forma ineficaz e geralmente terminam de forma gradual .

    Dores secundárias:
    A dor de cabeça também pode ser sintoma de alguma doença grave, como tumores e meningite, por exemplo (veja no quadro ao lado). Nesses casos, a recomendação é procurar um médico imediatamente.

    Dor causada por problemas de visão:
    Costuma se apresentar como um "peso" sobre os olhos, e se caracteriza por aumentar no final do dia.

    Dor causada pela sinusite:
    Aparece junto com outros sintomas, como vias respiratórias congestionadas (especialmente o nariz) e febre.

    Dor causada por inflamação do trigêmeo:
    Uma das dores causadas pela infamação do nervo trigêmeo é a cefaléia em salvas, que atinge principalmente os homens. Uma de suas características é a de aumentar com o repouso, o que faz com que o doente fique agitado com a intensidade da dor.

    Dor causada por hipertensão:
    Concentra-se mais na nuca. Deve ser observada com muita atenção, pois a hipertensão pode causar acidentes vasculares cerebrais (derrames).
    Fontes: Carla Jevouex, neurologista 
  • sábado, 19 de janeiro de 2013

    Aprenda a fazer copias de hinos

    Neste post estarei dando algumas dicas pra quem tem dificuldade em usar o computador e fazer belas cópias de hinos.!!

    1- Você pode digitar o hino no word, ou simplesmente achar o hino na internet, copiar e colocar no word fazer as modificações necessárias.

    2-Para você conseguir economizar folhas de papel sulfite e ficar com suas copias bonitas e do mesmo tamanho, lá mesmo no word  você encontrará a ferramenta layout de pagina, você clica em layout de pagina, na sequencia na ferramenta orientação, vai aparecer duas opções , retrato e paisagem você clica em paisagem então ele vai ficar todo do mesmo lado, se passar pra outra pagina e só você diminuir a letra.Se você tiver impressora, imprimi, se não salve no pen drive e ele a algum lugar pra imprimir.


    Seja abençoado e faça o melhor para o Senhor.


    lucimar.

    Segredos pra ser uma boa regente

    Sou muito grata a Deus por tudo que sou, por tudo que ele tem feito na minha vida.
    Me envolvi com musica muito cedo dentro da igreja.
    E desde então tenho participado de grupos de louvor, grupos de jovens.
    E logo também fui convidada para ser regente de conjunto.
    E tenho aprendido muito com todas as regentes que tem passado, pelos conjuntos que faço parte.

    Vim Hoje trazer 9 dicas pra você...que sonha em ser regente ou já é.... confira:







    • 1-Você precisa se organizar, aprender os hinos que irá levar ao seu conjunto, onde entra onde para, e pra isso que você é regente.
    • 2-Escolhas pessoas que tem a voz apropriada para o hino que você escolheu. Não adianta a pessoa querer cantar e ser desafinada, você não estará fazendo o melhor pro Senhor e ainda estará atrapalhando o conjunto e envergonhando a pessoa que estará solando o hino.
    • 3-Ensaie bem o hino, não coloque hino que você não tenha certeza que não foi bem ensaiado.
    • 4-Leve suas cópias de hinos, seu cd , de preferencia escreva os nomes dos hinos e enumere mesmo  fora do cd, pra você ganhar tempo de ensaio, as pessoas estão lá pra aprender com você, e espera que você faça um bom trabalho e assim eles continuam animados indo aprender para estar adorando ao Senhor.
    • 5-Seja segura, opinião de seus liderados e bom , mais você precisa estar segura do que faz, por que senão estará deixando seus liderados confusos e inseguros.Se o Senhor Jesus e seu pastor colocou você a frente do conjunto como regente e porque acha que você é capaz.
    • 6-Regente precisa ser afinada, cantar, porque sei que muitas vezes os hinos são altos  ou baixo pra você, mesmo como regente, mais você precisa ter hinos que você sole porque na falta de qualquer um dos solos você estará cantando juntamente com o conjunto.
    • Se você não sabe cantar é desafinada, e tem sonhos de ser regente aprenda, se esforce, nada de tentar ensinar aquilo que você não sabe, tem muitos que nascem com um dom natural, mais se este não é o seu caso, aprender faz parte da vida..seja coerente e sincera com seu pastor e com você mesma....
    • E se você é regente e não sabe cantar com play back e tem vergonha de solar aprenda e deixe a vergonha de lado, você foi chamado exerça sua função com dedicação.
    • 7-Escolhas hinos adequados pro seu conjunto, tem hinos lindos mais que não ficam bons cantando em conjuntos.Hinos muito altos, muito gritados seja sensato.
    • 8-Pessoal recentemente fiz um curso na minha igreja de regência, e aprendi muitas coisas legais e entre elas, nossa professora sugeriu que as regentes escolha hinos que todo o grupo possa cantar...Sempre que puder faça isso, assim seu grupo estará mais animado , pois tem alguns hinos que todo o grupo canta mais a gente acaba colocando o solo  e todo o grupo fica  apenas  de coadjuvantes...
    • 9-Vejo regentes temerosas, e você precisa estar a frente do grupo na hora da apresentação pois o grupo espera que você de as coordenadas que foram ensinadas durante o ensaio... 
    • E outra dica importante na hora da apresentação , seja discreta(0) nada de querer aparecer mais que o hino e que todo o grupo que está sobre sua direção,use gestos moderados, roupas moderadas...( nada de roupas coladas, saias curtas demais, decotes grandes,roupas transparentes, isso serve tanto pra mulher quanto pra homem, homens com calças muito apertadas, camisas coladas, camisa aberta com peito de fora) o importante ali e o louvor e não quem está cantando e regendo....

    Faça o melhor pro Senhor você foi chamado pra ser um adorador.



    TUDO QUE TEM FOLEGO LOUVE O NOME DO SENHOR, LOUVAI AO SENHOR SAL:150:6


    E ai pessoal gostaram do nosso post???
    Deixe aqui seu comentário!!!
    Estamos precisando de seguidores, não deixe nosso blog acabar...Seja nosso seguidor e convide também seus amigos...


    Lucimar


    Sonhos de ser um Levita

    Me converti aos 13 anos, minha igreja era grande, e já tinha todos os conjuntos organizados, todos tinham sua funçoes dentro da igreja.
    Eu sempre cantava e louvava junto com toda igreja, mais meu sonho e estar na frente cantando ou mesmo fazendo parte de algum conjunto especificio dentro da igreja.
    Mais pela minha timidez, não tinha coragem de ir a frente cantar, e fui adiando esse meu sonho.
    Na minha igreja tinha um conjunto que não lembro o nome dele, neste momento, era composto por varios irmãos na sua maioria jovens deveriam ter uns 10 integrantes, cada um fazia uma voz diferente, eu ficava encantada cada vez que via eles adorando sempre cantava hinos do Conjunto Voz da Verdade, eu ali morrendo de vontade de fazer parte daquele conjunto, mais não tinha coragem e achava que também não tinha voz.
    Até que viajamos para uma cidade pequena, e o conjunto em especial foi convidado a estar cantando lá, juntamente com outras pessoas que também foram, para estar fazendo um trabalho lá, e alguns dos integrantes faltou e ai eu fiquei ali vendo eles ensaindo pra minha surpresa eles me chamaram pra cantar com eles.Mais foi somente naquele dia, pois houve algumas pessoas que foram saindo outras se mudando e o eles tiveram que parar por falta de integrantes e de interesse de realmente continuar.

    Mais depois fui congregar em uma igreja menor, e ai tive a oportunidade de estar cantando sozinha, em corais e duplas e fui me aprimorando, não sou nenhuma cantora, mais sou afinada e canto na minha igreja, já fui regente em varias igrejas e também estou trabalhando atualmente como regente.
    Se você tem um sonho de ser um levita, e tem uma voz afinada não perca as esperanças você adianta pode ver seu sonho realizado.

    lucimar

    A Direção do Louvor a Deus


    O louvor congregacional deve ter a sua direção própria.

    “Matanias, filho de Mica, filho de Zabdi, filho de Asafe, o dirigente que iniciava as ações de graças na oração ( que no começo era o líder do louvor )” (Ne 11:17)

    “E os levitas: Jesuá, Binuí,  Cadmiel, Serebias, Judá, Matanias; este e seus irmãos dirigiam os louvores.”(Ne 12:8)
    “com também Maaséias, Semaías, Eleazar, Uzi, Jeoanã, Malquias, Elão, e Ézer; e os cantores cantavam, tendo Jezraías por dirigente.” (Ne 12:42)
    Na congregação de Israel, havia uma classe de levitas que se ocupava, entre outras coisas, com a direcção do louvor.
    Assim também deve haver na Igreja um ministério próprio para dirigir o louvor especialmente numa Igreja já formada, isso é deveras muito importante e absolutamente necessário.

          Na direção do louvor deve estar alguém com capacidade espiritual e       técnica.
    “E Quenanias, chefe dos levitas, estava encarregado dos cânticos e os dirigia, porque era entendido; “(I Cr 15:22)

    “Pois  desde a antiguidade, já nos dias de Davi e de Asafe, havia um chefe dos cantores, e havia cânticos de louvor e de ação de graça a Deus.”(Ne 12:46)
    O louvor não deve ser dirigido de qualquer maneira e por qualquer pessoa.
    O serviço para Deus, neste caso o louvor, deve ser feito com excelência, por alguém que seja espiritual, possua o dom da música e do canto, e tenha capacidade de liderança.
    Durante algum tempo pensou-se que os Pastores não precisavam de preparação técnica (teológica) para servirem a Deus, mas hoje todos reconhecemos a necessidade dos candidatos a Obreiros passarem tempo suficiente numa escola, afim de exercerem o seu ministério melhor preparados.
    Já é altura de reconhecermos o ministério do louvor e termos líderes bem preparados para o exercer.

    Embora o louvor deva ser espontâneo, necessita ter uma preparação tão bem cuidada como a pregação.
    O louvor não pode ser uma mera cantoria, isto é, uma repetição de coros e hinos sem qualquer sentido, resultado da falta da necessária preparação, que são cronometrados e interrompidos de qualquer maneira , no culto, é tão importante o louvor e a adoração como a pregação.

    “Alguns confundem falta de preparação com espontaneidade”.

    O conteúdo do louvor
    Com palavras
    “Porque está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua louvará a Deus.” (Rm 14:11)” e para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito: Portanto eu te louvarei entre os gentios, e cantarei ao teu nome.”(Rm 15:9).

    Palavras que confessam o Nome do Senhor – quem o Senhor é
    “Por ele, pois, ofereçamos sempre a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.”(Hb 13:15)
    Palavras que confessam os actos poderoso de Deus como resultado do Seu amor, graça e misericórdia para o crente.

    ill%20musical%20note
    Com música e canto
    “E Davi ordenou aos chefes dos levitas que designassem alguns de seus irmãos como cantores, para tocarem com instrumentos musicais, com alaúdes, harpas e címbalos, e levantarem a voz com alegria.”(I Cr 15:16)

    “Quando os trombeteiros e os cantores estavam acordes em fazerem ouvir uma só voz, louvando ao Senhor e dando-lhe graças, e quando levantavam a voz com trombetas, e címbalos, e outros instrumentos de música, e louvavam ao Senhor, dizendo: Porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre; então se encheu duma nuvem a casa, a saber, a casa do Senhor.”(II Cr 5:13)
    “Louvai ao Senhor, porque o Senhor é bom; cantai louvores ao seu nome, porque ele é bondoso.”(Sl 135:3)
    “Louvai ao Senhor com harpa, cantai-lhe louvores com saltério de dez cordas.”(Sl 33:2)
    “E os filhos de Israel que se acharam em Jerusalém celebraram a festa dos pães ázimos por sete dias com grande alegria; e os levitas e os sacerdotes louvaram ao Senhor de dia em dia com instrumentos fortemente retinintes, cantando ao Senhor. “(2Cr 30:21)
    “Louvai-o ao som de trombeta;  louvai-o com saltério e com harpa! Louvai-o com adufe e com danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flauta! Louvai-o com címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes!  Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor Louvai ao Senhor! (Sl 150:3-6)


    O louvor estabelece o trono de Deus.


    “Contudo tu és santo, entronizado sobre os louvores de Israel.”(Sl 22:3)

    O louvor é também uma forma de dar testemunho perante os não crentes. “Louvar-te-ei, Senhor, entre os povos; cantar-te-ei louvores entre as nações.”(Sl 57:9).
    Fazer parte de um grupo onde mostra mais que aparência e profissionalismo é importante. Essa importância não pode elevar o ego de quem participa. Explicando melhor, o grupo de louvor tem que ser visto não apenas como algo essêncial para a igreja, mas também como uma ferramenta auxiliar e espiritual.
    A importância do grupo de louvor é grande, pois o grupo auxilia a igreja a “encontrar” Deus através de louvores. Claro, se o grupo for mal orientado e cantando louvores sem ensaio e sem unção, pode ter o efeito contrário, irritando os ouvidos e desconcentrando os membros num momento de adoração.
     Cada instrumento tem sua importância; O baixo é a base, acompanhado da bateria, a guitarra base dá a sustentação ao ritmo, a guitarra solo destoa e a voz enriquece o quadro, um conjunto bem casado. Tá formado o grupo. Mas a  individualidade pode atrapalhar, quando cada um quer tocar a sua maneira ou “do seu jeito” e não casando com os outros instrumentos.
    O grupo de louvor tem que buscar a Deus e sentir o desejo de ser adorador. E independente dos estilos musicais (que cada se inclina para seu estilo) no momento da adoração ou da alegria, tem que haver um só estilo.
    O grupo de louvor não pode ser um grupo para se mostrar no altar, que toca ou canta bem… Que seja afastado aquele que trás brigas, discórdias e dor de cabeça para o grupo, bem como os faltosos também.
    Ninguém num grupo de louvor é insubstituível, até mesmo a liderança.
    Cantai ao Senhor um cântico novo. (Salmos 96.1)

    louvor2


    Que o Senhor Jesus abençoe o seu ministério, seu sonho e o dom que tens.

    O Louvor Congregacional, segundo a Bíblia.

    A expressão do louvor
    Com júbilo, alegria, regozijo;

    “E dizei: Salva-nos, ó Deus da nossa salvação, e ajunta-nos, e livra-nos das nações, para que demos graças ao teu santo
    nome, e exultemos no teu louvor.”(1Cr 16:35)
    “Celebrai com júbilo ao Senhor, todos os habitantes da terra; dai brados de alegria, regozijai-vos, e cantai louvores.”(Sl 98:4)
    Em alta voz e em tom festivo;

    “Dentro de mim derramo a minha alma ao lembrar-me de como eu ia com a multidão, guiando-a em procissão à casa de
    Deus, com brados de júbilo e louvor, uma multidão que festejava.” (Sl 42:4)
    O culto não é um velório, mas é uma festa, o culto não é uma formalidade, mas é uma celebração.
    “Celebrai com júbilo ao Senhor, todos os habitantes da terra.” (Sl 100:1)
    louvor2
    Com expressão corporal;

    “Suba a minha oração, como incenso, diante de ti, e seja o levantar das minhas mãos como o sacrifício da tarde!”(Sl141:2)
    “A ti estendo as minhas mãos; a minha alma, qual terra sedenta, tem sede de ti”(Sl 143:6) Batendo palmas
    (Aplaudi com as mãos) todos os povos; aclamai a Deus com voz de júbilo.”(Sl 47:1)
    Deus subiu entre aplausos, o Senhor subiu ao som de trombeta.”(Sl 47:5)
    Note-se que não se trata de bater palmas para acompanhar o ritmo da música, mas em forma de aplauso
    “Louvem-lhe o nome com danças, cantem-lhe louvores com adufe e harpa.”(Sl 149:3)
    “Louvai-o com adufe e com danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flauta!”(Sl 150:4)

    Este é um assunto, embora não sendo fundamental, é, contudo, polémico e controverso entre nós.
    Não obstante, requer a nossa melhor atenção para podermos firmar as nossas convicções com base no contexto bíblico, e não nos nossos preconceitos ou na nossa tradição
    Segundo o “Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento”, os textos acima mencionados atestam uma
    forma aceitável de louvor
    O significado, no original, destes textos, segundo o mesmo Dicionário, aponta para uma dança puramente religiosa e
    não qualquer outro tipo de dança conhecido


    http://zaacnet.wordpress.com/2009/10/24/a-importancia-do-louvor-na-igreja/